Número de civis mortos no Afeganistão sobe pelo 5º ano consecutivo, diz ONU

O número de civis mortos no Afeganistão aumentou pelo quinto ano consecutivo em 2011, chegando a mais de 3 mil, segundo a ONU.

O Talebã e outros grupos militantes foram responsabilizados por 77% deste total, principalmente como resultado da explosão de bombas.

O número de mortes de civis durante bombardeios aéreos e operações conduzidas pelas forças lideradas pela OTAN caiu ligeiramente, para 14%, e 9% das mortes não puderam ser atribuídos a nenhum dos dois lados.

A questão da segurança continua sendo fundamental no Afeganistão, já que as tropas internacionais estão começando a implementar planos para sua retirada do país no fim de 2014.