Governo arrecada mais de R$ 20 bilhões em leilão de aeroportos

O governo brasileiro realizou nesta segunda-feira o leilão dos aeroportos de Guarulhos e Campinas, em São Paulo, e do aeroporto de Brasília, arrecadando cerca de R$ 24,5 bilhões.

O leilão aconteceu na sede da Bovespa em São Paulo. O valor das concessões superou as expectativas iniciais e foi 347% superior ao primeiro lance pelos três aeroportos, segundo o jornal Folha de S. Paulo.

Em comunicado conjunto, a Bovespa e a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) afirmaram que o aeroporto de Guarulhos será administrado por um consórcio formado pela Invepar (formada pela construtora OAS e fundos de pensão estatais) e pela ACSA, que opera aeroportos na África do Sul desde 1993.

O consórcio Aeroportos Brasil venceu a concessão do aeroporto de Viracopos, em Campinas, e o consórcio Inframérica, operado pela argentina Corporación América, irá operar o aeroporto de Brasília.

O leilão dos aeroportos, cujas sociedades gestoras terão 51% de participação privada inicialmente, responde à necessidade de construção de novos terminais com capacidade para mais passageiros em preparação para a Copa do Mundo de 2014.

O prazo das concessões dos três aeroportos, que respondem pela movimentação de 30% dos passageiros do país, varia entre 20 e 30 anos.