Presidente das Maldivas renuncia após protestos contra prisão de juiz

O presidente das Maldivas, Mohamed Nasheed, renunciou ao seu cargo nesta terça-feira.

Ele fez um pronunciamento em cadeia nacional depois de semanas de protestos contra uma decisão polêmica do governo de mandar prender o principal juiz do sistema criminal país.

Nasheed acusa o juiz Abdulla Mohamed de favorecer políticos de oposição como Maumoon Abdul Gayoom, que governou as Maldivas por trinta anos.

O vice-presidente deve assumir o comando do país. Nasheed, que é ex-prisioneiro político, assumiu o poder em 2008 e liderou o primeiro governo democraticamente eleito no país.