Iraque diz que Al-Qaeda levou suas atividades para a Síria

Um ministro do governo iraquiano disse à BBC que a Al-Qaeda e outros grupos militantes deixaram o Iraque para realizar algumas atividades na Síria.

O vice-ministro do Interior, Adnan al-Asadi, disse que o Iraque notou uma queda no número de ataques de militantes porque a Al-Qaeda instruiu seus seguidores a irem para outros países, incluindo a Síria.

Ele descreveu a situação no país vizinho como explosiva e instável.

Horas antes, o líder da Al-Qaeda, Ayman Al-Zawahiri, manifestou apoio ao levante popular contra o governo do presidente sírio Bashar Al-Assad.