Rebeldes libertam integrantes de missão de paz em Darfur

Rebeldes de Darfur, no Sudão, dizem ter libertado dezenas de integrantes da missão de paz presente na região, capturados por entrar em seu território sem permissão.

Um porta-voz do Movimento Justiça e Igualdade (JEM, sigla em inglês) disse que os 49 reféns estavam livres, mas que seu grupo manteria sob custódia dois tradutores sudaneses e um policial iemenita suspeitos de ser espiões.

A ONU disse à BBC que os integrantes da missão de paz vão continuar em Darfur até que seus colegas sejam soltos.

A missão de paz em Darfur é a maior do mundo, com mais de 33 mil soldados e policiais participando do esforço conjunto entre a ONU e a União Africana de Nações.