Parentes de presos mortos em incêndio invadem necrotério em Honduras

Parentes das centenas de detentos que morreram em um incêndio em um presídio em Honduras na semana passada invadiram na segunda-feira o necrotério para exigir notícias sobre os restos mortais de seus familiares.

Autoridades hondurenhas disseram que um grande grupo de pessoas – mulheres, na maioria – invadiu a sala onde os corpos são mantidos. Elas foram expulsas pela polícia, que usou gás lacrimogêneo.

Quase 360 presidiários morreram no incêndio na terça-feira da semana passada. A maioria teve queimaduras tão severas que é impossível realizar a identificação sem ajuda de exames de DNA.