Criação de empregos formais desacelera em janeiro

O Brasil teve um saldo de 118.895 mil empregos formais criados em janeiro de 2012, cerca de 33 mil empregos a menos do que os gerados no mesmo mês do ano passado (181,4 mil) - uma redução de cerca de 20%.

As informações, divulgadas nesta quinta-feira, são do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério do Trabalho.

O saldo se refere a admissões menos demissões no período.

Apesar de o número ser menor que o de janeiro de 2011, o Ministério do Trabalho informa que as vagas geradas no mês passado representam um crescimento de 0,31% em relação ao estoque de empregos formais registrado em dezembro.

A maioria das vagas foi gerada nos Estados de São Paulo (28 mil) e Minas Gerais (16 mil).