Explosões no Iraque matam ao menos 48 pessoas

Uma série de bombas matou ao menos 48 pessoas e feriu dezenas nesta quinta-feira no Iraque, em mais um teste para a tentativa de estabilização do país após a saída das tropas norte-americanas.

Nove ataques ocorreram na capital, Bagdá, no horário de pico da manhã. A maior explosão foi registrada em um distrito de maioria xiita.

Outros atentados alvejaram postos policiais, em cidades como Divala, Baquba e Kirkuk.

A violência no país tem traços sectários e vem crescendo desde a retirada americana, em dezembro. A população xiita tem sido alvejada com frequência desde que o governo do premiê xiita Nuri al-Maliki teve entraves com membros do principal bloco político sunita local, Iraqiya.