Agência de risco rebaixa nota da Grécia a 'calote seletivo'

A agência de classificação de risco Standard & Poor's rebaixou nesta segunda-feira a nota da dívida da Grécia para o nível de "default seletivo", informou a Reuters.

A medida ocorre depois que o governo grego lançou no mercado um "bond swap", ou um acordo segundo o qual detentores privados de títulos da dívida soberana grega serão forçados a aceitar perdas de 53,5% no valor nominal dos papéis. As perdas nos títulos podem, na prática, chegar a 74%.

A desvalorização dos títulos é uma das medidas adotadas pela Grécia para conseguir pagar suas dívidas e evitar uma moratória.

A S&P é a segunda agência a mudar a classificação grega nos últimos dias. Na semana passada, a Fitch também disse que Atenas estava perto do default.