Liderança do Hamas deixa a Síria

A liderança política do grupo palestino Hamas deixou a Síria, mudando sua base de Damasco para o Egito e o Qatar.

A informação foi dada nesta segunda-feira pelo vice-líder do grupo islâmico, Moussa Abu-Marzoug, que agora vive próximo ao Cairo.

Ele afirmou que a mudança ocorreu porque o Hamas rejeita a reação do presidente sírio, Bashar al-Assad, à crise vivida pelo país.

O líder do Hamas, Khalid Meshaal, e seus auxiliares mais próximos se mudaram ao Qatar.

Na sexta-feira passada, o líder do grupo em Gaza, Ismail Haniya, havia declarado apoio ao povo sírio em oposição ao regime de Assad.