Dois soldados da Otan são mortos no Afeganistão

Dois soldados da Otan foram mortos por cidadãos locais no sul do Afeganistão, informou nesta quinta-feira a aliança militar ocidental.

Segundo a Otan, um dos responsáveis pelo ataque seria um soldado afegão, enquanto o outro seria um civil que trabalhava na base militar onde ocorreu o incidente.

Um governador distrital afegão contestou esta versão, afirmando que o civil tirou a arma da mão do soldado, que não estava envolvido no ataque.

As mortes ocorrem um dia depois que o chefe das forças da Otan no Afeganistão, general John Allen, disse à BBC que os ataques a pessoas ligadas à coalizão eram um problema a ser superado.

Segundo um correspondente da BBC em Cabul, mais de 70 soldados da Otan foram mortos por integrantes das forças de segurança afegãs nos últimos anos.