Paquistão diz que mantém projeto de construir gasoduto até o Irã

O Paquistão disse que seguirá adiante com os planos de construir um gasoduto para transportar gás diretamente do Irã, apesar de fortes críticas dos Estados Unidos.

A ministra das Relações Exteriores paquistanesa, Hina Rabbani Khar, disse que seu país está enfrentando uma crise energética e não tem condições de selecionar seus fornecedores.

Um dia antes, a secretária de Estado americana, Hillary Clinton, disse que é inexplicável que o Paquistão, um importante aliado dos Estados Unidos, considere um acordo que deve beneficiar o Irã em um momento em que o governo americano lidera esforços para isolar o país, por conta de seu programa nuclear.

Clinton disse que o projeto pode levar a sanções dos Estados Unidos ao Paquistão.