Irã vai às urnas para eleger novos parlamentares

Os iranianos vão hoje às urnas para escolher os 290 integrantes do Parlamento do país, na primeira votação desde a reeleição do presidente Mahmoud Ahmadinejad, três anos atrás.

Na época, houve alegações de fraude no pleito.

As autoridades pedem que os eleitores compareçam em massa, e dizem que um baixo comparecimento pode encorajar ataques militares estrangeiros contra o Irã.

O Movimento Verde, da oposição, não participa da eleição, já que seus líderes estão sob prisão domiciliar há mais de um ano.

O embate fica entre facções conservadoras, próximas ao líder espiritual do país, o aiatoilá Ali Kamenei, e partidários de Ahmadinejad.