Paquistão indicia viúvas de Bin Laden por entrada ilegal no país

A Justiça paquistanesa indiciou três viúvas de Osama Bin Laden por terem entrado ilegalmente no país, disse nesta quinta-feira o ministro do Interior do Paquistão, Rehman Malik.

Ele não disse quando elas foram indiciadas ou quando vão começar os julgamentos.

As duas sauditas e uma iemenita, assim como cerca de 10 de seus filhos, estão sob custodia paquistanesa desde que agentes americanos mataram Bin Laden em maio de 2011.

Malik disse que as mulheres vão poder contratar advogados e se defender nos tribunais.