Fatah diz que Hamas recebeu dinheiro do Irã para 'congelar' reconciliação

Um porta-voz do Fatah disse nesta terça-feira que o Irã pagou dezenas de milhares de dólares para líderes do Hamas para evitar que o grupo islâmico dialogasse com o rival Fatah. As duas facções palestinas estão em conflito desde 2007.

Segundo Ahmed Assaf, o governo iraniano retomou recentemente a ajuda financeira ao Hamas, que havia sido suspensa seis meses atrás, em razão da falta de apoio do grupo palestino ao presidente sírio, Bashar al-Assad, aliado iraniano que enfrenta acusações de uso de violência na repressão à revolta popular contra seu governo.

De acordo com ele, apesar de o Hamas não apoiar Assad, o Irã está mais preocupado em apoiar o movimento armado palestino, que pode enfrentar Israel a partir da Faixa de Gaza.

O Hamas nega as alegações.