Na Índia, Dilma diz que câncer de Lula está ‘superado’

Horas após a equipe médica que trata o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva divulgar um boletim afirmando que seu câncer já não é mais “visível”, a presidente Dilma Rousseff comentou o anúncio dizendo que “está tudo superado”.

Na Índia para a 4ª Cúpula dos Brics (Grupo formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), Dilma celebrou a notícia.

"Está tudo superado. Ele me ligou hoje, antes do jantar (de abertura da cúpula dos Brics). Ele deve estar comemorando até agora. De uma certa forma, já esperava, mas ter certeza é muito bom".

Mais cedo, em boletim divulgado na manhã desta quarta-feira, a equipe médica que atua no tratamento de Lula disse que seu tumor cancerígeno já não é mais visível.

“Foram realizados exames de ressonância nuclear magnética e laringoscopia, que mostraram a ausência de tumor visível, revelando apenas leve processo inflamatório nas áreas submetidas à radioterapia, como seria esperado”, indica o comunicado assinado pela equipe do Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, onde Lula tem feito o tratamento.

Lula voltou a ser internado no dia 8 de março, com febre, e nesta terça-feira recebeu a visita do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

Com informações de Iracema Sodré, enviada especial da BBC Brasil a Nova Déli.