Corte Internacional pede que Líbia entregue filho de Khadafi

O TPI (Tribunal Penal Internacional) afirmou nesta quarta-feira que o governo da Líbia deve iniciar imediatamente os preparativos enviar Saif al-Islam - filho do ex-líder líbio Muammar Khadafi, desposto e morto no ano passado – para ser julgado em Haia.

Saif era visto como um possível sucessor de seu pai antes da revolta que derrubou o regime em 2011. Ele foi preso no último mês de novembro pelo Conselho Nacional de Transição, órgão que governa o país, após tentar fugir de Trípoli pelo deserto.

O TPI pede que ele seja extraditado para Haia a fim de responder a acusações por crimes contra a humanidade. Contudo, autoridades líbias tentam mantê-lo preso no país até passar por um julgamento local.

O TPI já havia negado recentemente um pedido da Líbia para atrasar a entrega do prisioneiro.