Presidente deposto do Mali apresenta renúncia formal ao cargo

O presidente deposto do Mali, Amadou Toure, renunciou formalmente ao cargo neste domingo como parte de um acordo para encerrar a crise no país do oeste da África.

A renúncia de Toure abre o caminho para que os soldados que o depuseram em um golpe duas semanas atrás também deixem o poder.

Toure renunciou depois de uma reunião com um mediador do grupo regional Ecowas, na capital do Mali, Bamaco.

O porta-voz do Parlamento do Mali deve liderar o governo de transição até a realização de novas eleições.