Ataque da Al-Qaeda deixa mais de 30 mortos no Iêmen

Ao menos 33 pessoas morreram nesta segunda-feira durante o ataque de um grupo supostamente ligado à rede extremista Al-Qaeda contra uma instalação do Exército do Iêmen, na região sul do país.

O confronto aconteceu na cidade de Lawdar, na Província de Abyan. Entre os mortos estão nove militares do Exército e ao menos 18 membros do grupo Ansar al-Sharia.

O confronto durou cerca de três horas. Os extremistas recuaram após não conseguir tomar a instalação militar.

Grupos ligados à Al-Qaeda aproveitaram a crise política que forçou a saído do presidente Ali Abdulah Saleh do poder para aumentar seu controle sobre territórios no sul do país.