‘Ataques da Al-Qaeda matam 33', dizem militares no Iêmen

Pelo menos 33 pessoas, incluindo nove soldados, foram mortos em ataques suspeitos de terem sido realizados pela rede Al-Qaeda, disseram nesta segunda-feira militares do Iêmen.

Pelo menos 18 militantes da rede foram mortos na cidade de Lawdar, no sul do país.

Correspondentes dizem que a Al-Qaeda conquistou grandes partes de território durante os tumultos do ano passado que levaram ao fim do governo do presidente Abdulah Saleh.