Mineiros peruanos são resgatados

Direito de imagem Reuters

Nove mineiros peruanos, que estavam presos a 200 metros de profundidade desde a última quinta-feira após o desmoronamento de uma mina no sul do país, foram resgatados com vida nesta quarta-feira, afirmaram autoridades locais.

Os trabalhadores foram socorridos um por um às 7h hora local (9h de Brasília) da mina 'Cabeza de Negro', no sul do Peru, sem ferimentos graves. O estado de saúde deles é estável. Segundo testemunhas, eles usavam óculos-escuros para proteger os olhos da claridade.

Logo depois do resgate, eles se encontraram com familiares e com o presidente do Peru, Ollanta Humala.

A equipe de salvamento, que contou com policiais e bombeiros, também usou um tubo, pelo qual forneciam oxigênio e comida aos mineiros, para se comunicar com eles, que tinham entre 22 e 59 anos.

Localizada a 300 quilômetros do sul da capital Lima, a 'Cabeza de Negro', na cidade de Ica, é uma das muitas minas artesanais do Peru, onde os trabalhadores arriscam suas vidas para extrair cobre e outros metais.

No ano passado, mais de 50 pessoas morreram em acidentes em minas de prata, ouro e metal no Peru.