Sudão diz que procurará meios legítimos após suposto ataque do Sudão do Sul

O governo do Sudão disse nesta quarta-feira que está determinado a usar meios legítimos para responder a ataques que estaria sofrendo de tropas do Sudão do Sul.

O Sudão acusa o Sudão do Sul de ter assumido o controle de Heglig, um dos seus maiores poços de petróleo.

O Sudão do Sul reconheceu que soldados seus avançaram em direção a Heglig, mas afirmou que isso foi uma medida tomada em resposta a ataques aéreos e terrestres por parte das Forças Armadas sudanesas.

Ambos os lados negam ter dado início à nova escalada de violência. O repórter da BBC em Cartum disse que este incidente é o mais grave na região desde julho do ano passado, quando foi declarada a independência do Sudão do Sul. A comunidade internacional teme que a violência possa levar a uma guerra.