Governo americano entra com ação antitruste contra a Apple

O governo dos Estados Unidos entrou com uma ação antitruste em Nova York contra a empresa de tecnologia Apple e diversas editoras de livros, dizendo que eles conspiraram para limitar a competição na venda de livros eletrônicos.

De acordo com o processo, a Apple tramou com editoras como a Macmillan e a Penguin para acabar com a concorrência e aumentar significativamente o preço de e-livros quando lançou seu tablet, o iPad, em 2010.

Os documentos dizem ainda que, ao mesmo tempo, a Apple ganhou uma garantia de 30% de comissão em cada venda de livros.

A empresa ainda não fez comentários sobre a ação do governo americano.