Conselho de Segurança discute envio de observadores à Síria

O Conselho de Segurança da ONU está reunido nesta quinta-feira para preparar o texto de uma resolução que permita o envio de um grupo de 30 observadores à Síria.

O objetivo é verificar se, com o cessar-fogo prometido pelas forças do governo, o plano de paz internacional está sendo, de fato, cumprido.

Segundo o órgão, um contigente ainda maior de observadores pode aderir ao grupo inicial tão logo as condições locais sejam averiguadas.

Mais cedo, os membros do Conselho de Segurança ouviram o relato do enviado especial das Nações Unidas para Síria, Kofi Annan.

Segundo Annan, apesar de as últimas notícias serem animadoras, o governo sírio ainda não cumpriu tudas as suas obrigações, com tropas e armas pesadas ainda instaladas em áreas urbanas.

Ativistas afirmam que 17 pessoas foram mortas durante o dia em violações do cessar-fogo, enquanto o governo informou que um ataque a bomba matou um soldado.