Forças do governo do Iêmen entram em confronto com militantes da Al-Qaeda

O Ministério da Defesa do Iêmen informou nesta sexta-feira que mais militantes foram mortos durante confrontos na província de Abyan, no sul do país.

Segundo o órgão, após horas de combate, as tropas iemenitas expulsaram militantes ligados à rede Al-Qaeda de uma área perto da cidade de Lawdar.

O governo afirmou que cerca de 200 militantes foram mortos ao longo desta semana.

Os opositores passaram a controlar grandes extensões de terras na região em meio à turbulência política que levou a substituição do então presidente do país, Ali Abdulah Saleh, por seu vice, Abd-Rabbu Mansour Hadi, em fevereiro deste ano.