Candidato colombiano desiste de disputar presidência do Banco Mundial

O economista e ex-ministro da Fazenda da Colômbia José Antonio Ocampo anunciou nesta sexta-feira que desistiu de sua candidatura à presidência do Banco Mundial. O anúncio ocorre um mês depois de ele declarar sua intenção de concorrer à vaga.

Ocampo afirmou que irá apoiar a atual ministra das finanças da Nigéria, Ngozi Okonjo-Iweala. Ela vai disputar o posto com o candidato dos Estados Unidos, o médico e antropólogo Jim Yong Kim, sul-coreano naturalizado americano.

O Banco Mundial deverá escolher o sucessor do atual presidente, Robert Zoellick, na próxima segunda-feira.