Atirador noruegês diz que planejava ataques maiores

O atirador noruegês que está sendo julgado pela morte de 77 pessoas no ano passado disse nesta quinta-feira que seu plano original incluía a detonação de mas bombas na capital do país, Oslo.

Anders Breivik disse que foi obrigado a diminuir a escala do ataque depois de perceber que construir bombas era mais difícil do que ele imaginava.

Ele disse que o plano era matar todas as pessoas na ilha de Utoya, onde realizou disparos indiscriminadamente.

Breivik afirmou que esperava encontrar o ex-premiê norueguês Gro Harlem Bruntland para cortar sua cabeça, filmar e divulgar as imagens na internet.