Sobrinho de ex-líder do Iêmen renuncia a cargo militar

O general Tariq Mohammed Abdullah Saleh, sobrinho do ex-líder do Iêmen, Ali Abdullah Saleh, concordou nesta sexta-feira em renunciar ao cargo de chefe da Guarda Presidencial iemenita.

O país viveu intensos protestos no ano passado, que levaram à saída do ex-presidente do poder mediante um acordo intermediado pelas monarquias do Golfo Pérsico.

O general é um dos 20 integrantes do antigo regime que haviam sido demitidos ainda no início de abril, mas que até agora não tinha concordado em abandonar o cargo.

Este é um dos mais recentes esforços do novo governo chefiado pelo atual presidente Abdrabbuh Mansour al-Hadi para remover ex-aliados do antigo regime do poder.

No início da semana, o meio-irmão do ex-líder, Mohammed Saleh al-Ahmar, aceitou deixar o comando da Força Aérea do Iêmen após semanas de recusa.