Coreia do Sul proíbe menores de 18 anos em show de Lady Gaga

Direito de imagem Getty

O órgão regulador de mídia da Coreia do Sul proibiu menores de 18 anos de participar de um show no país da cantora pop americana Lady Gaga.

Os reguladores disseram ter avaliado o show e julgado que ele é inapropriado para menores.

Grupos cristãos sul-coreanos vêm protestando contra a realização do evento há várias semanas.

Os censores sul-coreanos se opuseram a certas canções e adereços usados por Lady Gaga e a performances da cantora que eles julgaram obscenas e que, em sua avaliação, seriam nocivas para os jovens.

Grupos cristãos descreveram a cantora e o show que ela fará no país como ''parte da estratégia de Satanás''. Eles afirmam que Lady Gaga estimula a homossexualidade e ridiculariza cristãos.

Lady Gaga é uma das aristas mais populares do mundo e é célebre por sua campanha contra a homofobia e contra o bullying a gays.

O show que ela fará em Seoul, a capital sul-coreana, marca o início da turnê de promoção de seu novo disco, Born This Way. A faixa-título do álbum vendeu 1 milhão de cópias nos primeiros cinco dias.