Tropas rivais entram em confronto no Mali

Membros da guarda presidencial e tropas leais aos líderes do golpe de estado entraram em confronto na capital do Mali, Bamako, nesta segunda-feira.

Os cofrontos ocorrem um mês após o golpe que derrubou o presidente Amadou Toumani Touré.

Um porta-voz dos líderes do golpe disse que os guardas presidenciais estavam tentando assumir o controle do aeroporto para trazer tropas de outros países africanos por via aérea.