Colômbia exige que Farc libertem jornalista francês

O ministro de Defesa da Colômbia, Juan Carlos Pinzón, exigiu nesta terça-feira que os rebeldes das Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia) libertem o jornalista francês Roméo Langlois.

Pinzón disse que o grupo deve respeitar o direito dos jornalistas de trabalhar nos lugares mais perigosos.

Langlois foi visto pela última vez no sábado, quando filmava soldados colombianos em uma operação de destruição de laboratórios de cocaína no sul da Colômbia.

Nesta terça-feira, uma mulher que se identificou como integrante das Farc disse que o grupo está mantendo o jornalista como prisioneiro de guerra.