Aung San Suu Kyi assume cadeira no Parlamento de Mianmar

A líder pró-democracia e Prêmio Nobel da Paz Aung San Suu Kyi assume nesta quarta-feira uma vaga no Parlamento de Mianmar, para a qual foi eleita há um mês.

Suu Kyi havia se negado a prestar juramento diante da Constituição elaborada pelo governo militar, mas no final ela e seus companheiros de partido, o oposicionista Liga Nacional para Democracia (NDL, em inglês), também eleitos, desistiram do boicote "em prol do interesse público".

Diversos governos e organizações internacionais, como a ONU, manifestaram satisfação com a decisão que, acreditam, permitirá o aprofundamento do processo de reformas prometido pelo governo de Mianmar.