Tiroteio entre Exército e traficantes deixa 12 mortos no México

Um tiroteio entre o Exército mexicano e supostos traficantes de drogas nesta quarta-feira deixou pelo menos 12 mortos, entre eles dois soldados, no Estado de Sinaloa, no oeste do país.

Segundo autoridades locais, homens armados usaram granadas e armas automáticas em uma emboscada contra uma patrulha militar.

O Estado de Sinaloa é um dos mais afetados pela violência relacionada ao tráfico de drogas no México e é sede do cartel comandado por Joaquín "El Chapo" Guzmán, o traficante mais procurado do país.