EUA dizem ter frustrado novo plano para explodir avião com 'bomba na cueca'

Segurança em aeroporto americano. Direito de imagem tsa
Image caption O explosivo seria uma versão melhorada da bomba usada por um nigeriano na cueca, em 2009

Os Estados Unidos anunciaram nesta segunda-feira a descoberta de um plano da rede Al-Qaeda para detonar uma versão atualizada da "bomba na cueca" contida durante um vôo transatlântico em 2009.

A bomba seria usada supostamente para tentar derrubar um avião americano, numa repetição da tentativa frustrada de um rapaz nigeriano que foi contido quando tentava detonar os explosivos escondidos em sua cueca em 2009.

Segundo as autoridades americanas, o dispositivo foi capturado no Oriente Médio após uma operação da CIA (a agência de inteligência americana) e está sendo estudada pelo FBI (a polícia federal do país).

Os relatos das autoridades afirmam que nenhum alvo havia sido escolhido e nenhuma passagem para usá-la teria sido comprada.

Segundo as autoridades, não houve riscos ao público em nenhum momento. Ainda não se sabe o que aconteceu com o suposto homem-bomba que levaria o dispositivo em um vôo.

A porta-voz da Casa Branca, Caitlin Hayden, disse que o presidente Barack Obama foi avisado do plano no mês passado.