Filha de Tymoshenko é proibida de visitar a mãe na prisão

A filha da ex-primeira-ministra e líder da oposição da Ucrânia, Yulia Tymoshenko, afirmou nesta sexta-feira que foi proibida de visitá-la na prisão.

Yevgenia Tymoshenko disse que agentes penitênciários não lhe permitiram entregar uma comida especial à mãe para ajudá-la a se recuperar da greve de fome.

O advogado da ex-primeira-ministra alegou que não há razões para a proibição da visita.