Vaticano investiga acusação de abuso sexual por padres católicos

A Igreja Católica iniciou nesta sexta-feira uma investigação contra sete padres de uma ordem religiosa ligada ao Vaticano por abuso sexual.

Os sete membros da comunidade, conhecida como Legião de Cristo, são acusados de abusar sexualmente de jovens.

A Legião disse à agência de notícias Associated Press que eles foram afastados do convívio das crianças enquanto as investigações estão em curso.

O fundador da ordem, Marciel Maciel, possuía alto prestígio dentro do Vaticano antes de virem à tona relatos de que ele teria estuprado e molestado estudantes de teologia sob sua tutela.

Maciel morreu em 2008.