Ex-talebã que negociava paz e dois britânicos são mortos no Afeganistão

Um alto integrante do Alto Conselho Afegão para a Paz foi assassinado em Cabul neste domingo.

Segundo um porta-voz da polícia, Arsala Rahmani - que já pertenceu ao Talebã no passado, mas renunciou ao movimento - foi assassinado quando estava indo trabalhar. O conselho foi estabelecido há dois anos pelo presidente Hamid Karzai em uma tentativa de negociar a paz com o Talebã.

O governo britânico confirmou também neste domingo a morte de dois soldados no Afeganistão. Os dois britânicos foram mortos por integrantes da polícia afegã enquanto trabalhavam fazendo a segurança de um encontro de autoridades na província de Helmand.