Dólar fecha acima de R$ 2 pela primeira vez desde 2009

O dólar comercial fechou o pregão desta terça-feira a R$ 2 para a compra e a R$ 2,0015 para a venda, atingindo a maior valorização frente ao real desde julho de 2009, quando a moeda americana era cotada a R$ 2,01.

Influenciado pelo temor dos mercados frente à instabilidade da economia europeia, principalmente com a indefinição política na Grécia, o dólar já acumula alta de 4,98% neste mês e 7,12% em 2012.

A valorização do dólar decorre, principalmente, do aumento à aversão ao risco.

Temerosos com a deterioração da economia mundial, investidores de todo mundo tendem a migrar seus investimentos para um porto mais seguro, a moeda americana, comprando títulos da dívida pública dos Estados Unidos.

Com menos dólares no mercado, a tendência da moeda americana é de se valorizar.

Além disso, segundo especialistas, contribuiu para a valorização do câmbio no Brasil as indicações dadas hoje pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega, de que o governo não pretende, por ora, influenciar o cotação da divisa, vendendo dólares, por exemplo.