Organização Mundial da Saúde alerta para índices de obesidade

A Organização Mundial da Saúde (OMS), ligada às Nações Unidas, disse nesta quarta-feira que cada vez mais pessoas em todo o mundo estão sob risco de infartos, doenças cardíacas e câncer, apontando a obesidade como uma das principais causas.

Em seu relatório anual que avalia a situação em 194 países, a OMS disse que condições como hipertensão e obesidade aumentam conforme as pessoas comem mais gordura, açúcar e sal e fazem menos exercícios físicos.

Segundo a organização, de cada cem pessoas 12 são obesas em todo o mundo.

O relatório diz ainda que as taxas de mortalidade infantil e no nascimento diminuíram consideravelmente.