Grevê no metrô causa congestionamento recorde de 249 km em São Paulo

A cidade de São Paulo registrou às 10h desta quarta-feira 249 quilômetros de congestionamento, um nível recorde para o período da manhã desde que as medições tiveram início. A lentidão foi causada por uma greve dos funcionários do Metrô e de duas linhas da CPTM, companhia ferroviária.

A cifra corresponde a 28,7% dos 868 quilômetros de vias monitoradas pela CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), que administra o trânsito na cidade.

Às 12h as filas já haviam sido reduzidas para 131 quilômetros, de acordo com a CET.

A paralisação dos metroviários causou transtornos ao trânsito e à circulação dos ônibus, que não foram suficientes para o transporte dos milhares de paulistanos que se deslocam diariamente pela manhã.