Leilão de tubo de ensaio com suposto sangue de Ronald Reagan é cancelado

Uma casa de leilão virtual sediada nas Ilhas do Canal, no canal da Mancha, cancelou nesta quinta-feira a venda de um tubo de ensaio contendo uma suposta amostra de sangue seco do ex-presidente dos Estados Unidos, Ronald Reagan.

O item será doado à fundação do ex-presidente, morto em 2004. Os lances para a peça chegaram a US$ 30 mil (R$ 60 mil), embora o leilão tenha sido duramente criticado nos Estados Unidos, onde grupos consideram a oferta como uma invasão da privacidade de Reagan.

Junto com o tubo de ensaio, havia uma carta de um homem que dizia que sua mãe havia recolhido o objeto em 1981 de um laboratório em Maryland.

O ex-presidente teria se submetido a um exame sanguíneo no local depois de uma tentativa de assassinato frustrada, ocorrida em seu primeiro mandato, quando enfrentou seguidas greves e manifestações.

Reagan deixou a presidência dos Estados Unidos em 1989, com recordes de aprovação popular.