Otan diz ter matado membro sênior da Al-Qaeda afegã; insurgentes negam

Um dos principais líderes da al-Qaeda no Afeganistão foi morto em um ataque aéreo realizado no domingo na província de Kunar, segundo tropas da Otan.

Em comunicado, a aliança militar ocidental descreveu o saudita Sakhar al-Taifi como o segundo no escalão da al-Qaeda afegã e como o responsável por ataques a forças ocidentais no país asiático.

Já o porta-voz do Talebã Zabiullah Mujahid nega que Taifi tenha sido morto e alega que ele deixou a área atacada pela Otan três meses atrás. Segundo Mujahid, dois membros do Talebã foram mortos na ofensiva, mas nenhum integrante da al-Qaeda.