Líder da oposição de Mianmar sai do país após 24 anos

A líder oposicionista de Mianmar, Aung San Suu Kyi, viajou nesta terça-feira à Tailândia, em sua primeira viagem ao exterior em 24 anos.

Ela deve encontrar tanto autoridades do governo como trabalhadores imigrantes de seu país e empresários tailandeses.

Suu Kyi havia se recusaro a sair de Mianmar até então com medo de que as autoridades do país a impedissem de retornar.

No próximo mês, a líder oposicionista deve viajar para a Europa.

Mais cedo, Suu Kyi se reuniu com o premiê indiano Manmohan Singh - o último de uma série de líderes estrangeiros que visitaram Mianmar desde o início da atual reforma política.