Mianmar diz que abandonou ambições nucleares

O Ministério da Defesa de Mianmar (ex-Burma) disse neste sábado, em uma conferência de segurança asiática em Cingapura, que seu país interrompeu sua ambição de desenvolver um programa nuclear.

Segundo o ministro Hla Min, o governo reformista que assumiu o poder de Mianmar no ano passado suspendeu todas as atividades relacionadas a questões nucleares, mas admitiu que o regime anterior tinha começado "estudos acadêmicos" sobre energia atômica.

O país, empobrecido, tradicionalmente fechado e criticado por relatos de abusos de direitos humanos, começou uma transição de poder em 2010, com a chegada de uma geração mais jovem de líderes. Desde então, tem dado sinais de abertura política.