Imigrantes africanos são alvo de incêndio premeditado em Israel

Um apartamento que pertencia a imigrantes africanos em Jerusalém foi incendiado. Ainda não se sabe os autores do ataque.

A frase "Vão embora do bairro" foram pintadas com spray no edifício. A polícia israelense disse que o incêndio foi "sério e deliberado".

A presença de cerca de 60 mil imigrantes africanos não-judeus provocou tensões raciais no país.

No último domingo, entrou em vigor uma lei que permite que imigrantes em situação irregular sejam detidos por até três anos sem julgamento.