Uefa abre investigação contra Rússia após distúrbios na Eurocopa

A Uefa, órgão que dirige o futebol europeu, abriu neste sábado um procedimento disciplinar contra a Federação Russa de Futebol por "conduta imprópria" de seus torcedores durante a partida entre Rússia e República Checa, na sexta-feira, pela primeira rodada do grupo A da Eurocopa.

Quatro seguranças precisaram ser internados para tratamento após serem atacados por torcedores russos no Estádio Municipal de Wroclaw, na Polônia.

Além disso, grupos de torcedores são acusados de gritar afirmações racistas contra o defensor checo Theodor Gebre Selassie, que é negro.

O corpo de controle disciplinar da Uefa analisará o caso na quarta-feira.