Ex-presidente da Tunísia é condenado à prisão perpétua

Um tribunal militar condenou à prisão perpétua o ex-presidente da Tunísia Zine al-Abdine Ben Ali por suas ações de repressão contra manifestantes em 2011, no início da Primavera Árabe.

A Promotoria havia solicitado a pena capital para Ben Ali pelos homicídios de 22 pessoas em ações de repressão nas cidades de Thala e Kasserine.

Ben Ali está exilado na Arábia Saudita.