Egito autoriza polícia militar a prender civis

O Ministério da Justiça do Egito autorizou a polícia militar e agentes de inteligência a prender civis suspeitos de uma série de crimes, entre eles o de resistência a autoridade.

Diversas organizações de defesa dos direitos humanos no Egito consideram a decisão mais um sinal de que o país está se tornando um Estado militar.

O anúncio, nesta quarta-feira, foi feito poucos dias antes do decisivo segundo turno das eleições presidenciais, marcado para domingo.

Após as eleições, os militares deverão entregar o poder a um governo civil.