EUA recuam em declaração sobre envio de armas da Rússia à Síria

O Departamento de Estado americano voltou atrás em sua afirmação de que a Rússia estava abastecendo o regime sírio com helicópteros de ataque novos.

Washington afirma agora que as aeronaves enviadas à Síria por Moscou eram helicópteros usados, que já pertenciam a Damasco e foram reformados na Rússia.

A acusação inicial havia sido feita pela secretária de Estado Hillary Clinton na terça-feira, irritando Moscou.

Porém, na nova declaração, o Departamento de Estado americano afirmou que os helicópteros ficaram sem uso por seis meses, mas "agora estão disponíveis para matar civis".

A Rússia afirmou que seria errado deixar a Síria sem meios para se defender.