Dilma alerta para ‘agenda urgente’ ao abrir trabalhos na Rio+20

A presidente Dilma Rousseff alertou na manhã desta quarta-feira para uma "agenda urgente" ao declarar oficialmente aberta a Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20.

Eleita pelos países que integram os debates como presidente da conferência, Dilma agradeceu os votos e expressou "gratidão pelo mandato que acabam de me conferir".

O ministro brasileiro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, assumiu os trabalhos como vice-presidente da conferência.

Dilma expressou ainda a satisfação de ver "a liderança mundial" para a qual "acorda hoje o Rio de Janeiro, para a complexa e urgente agenda do desenvolvimento sustentável".

"Não tenho dúvidas de que estaremos à altura dos desafios", acrescentou a líder brasileira, indicando que às 16h voltará a falar à plenária expondo a posição do Brasil sobre os temas que serão discutidos pelos chefes de Estado.